Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Equipe do cadastro digital imobiliário do Município volta às ruas de Novo Hamburgo
19/01/2019 23:30 em Novidades

Um grupo de 15 técnicos do Consórcio Engefoto-Base, devidamente uniformizados e com crachás de autorização da Prefeitura, voltaram a percorrer as ruas de Novo Hamburgo neste início de janeiro depois de um breve recesso. Os cadastradores dão sequência às medições de áreas, exclusivamente nos pátios, com o objetivo de recadastrar imóveis da cidade. A equipe mantém agenda das 8h às 19 horas, de segunda a sexta-feira, acompanhada de supervisores de campo, e se divide para cumprir os roteiros em todos os bairros. Nesse retorno, o trabalho foi retomado também aos sábados, especificamente das 8h até as 17 horas. A ação se destina a atualizar o cadastro digital imobiliário do Município a partir do levantamento aerofotogramétrico já realizado. O último trabalho nessa linha foi executado em 1997. “A medida é uma exigência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que financia o Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), em andamento na cidade”, acrescenta a titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), Roberta Gomes de Oliveira. “O processo de modernização traz ferramentas que contribuem para a justiça tributária e o planejamento estratégico de Novo Hamburgo.” A secretária Roberta também destaca as vantagens mais imediatas da atualização de informações, como em procedimentos de concessão de alvarás, agilidade nos registros de propriedade e um melhor gerenciamento de dados pela Prefeitura. Para o completo recadastramento municipal, que se encerra em 2019, a cidade foi dividida em setores. E, de acordo com a titular da Seduh, os proprietários de imóveis residenciais, comerciais e industriais têm colaborado de forma efetiva com a equipe de campo. No total, Novo Hamburgo possui aproximadamente 107 mil unidades imobiliárias, sendo que 29 mil estão sendo recadastradas pelo Consórcio Engefoto-Base e as outras serão verificadas pela própria Prefeitura, em um trabalho permanente de revisão do cadastro digital imobiliário do Município.

 

Foto: Lu Freitas/PMNH

COMENTÁRIOS