Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Produção diversificada demonstra o desenvolvimento rural em Estância Velha
21/01/2019 22:48 em Novidades

Na manhã de terça-feira, 15, a prefeita em exercício, Veridiana Monteiro, pode ver de perto o desenvolvimento rural Em Estância Velha. Além das culturas tradicionais, como cana, milho, aipim, feijão, verduras e legumes, os produtores estão experimentando outra peculiaridade, que não era cultivada aqui - a produção de banana. Em apenas uma das propriedades, já existe mais de 1,5 mil pés, com uma produção promissora, e que será, provavelmente, integrada à alimentação escolar, e também no programa PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).

Acompanhada do secretário municipal de Meio Ambiente e Preservação Ecológica, Edenilson Klaus, e do chefe da Agricultura, Adenir Basso, a prefeita visitou várias propriedades que são assistidas pela secretaria e conseguiram expandir sua produção, trazendo mais investimentos, trabalho e renda.

Outra visita oficial foi realizada na agroindústria que produz queijos, iogurtes, sorvetes, onde a prefeita ficou encantada com a novidade, picolés originados de frutas pouco conhecidas, como o de butiá, e também de outros frutos raros e deliciosos. A empresa está apostando em mais essa novidade. Importante salientar que a produção desses alimentos é feito em circuito fechado na propriedade. Desde a produção da pastagem para o gado, até a produção do leite.

“Já conhecia a região, e sei muito bem das dificuldades dos pequenos agricultores, já que também sou filha de produtores e passei minha infância na roça. Fico muito feliz em saber que o trabalho da Secretaria em apoiar e incentivar o desenvolvimento rural está sendo plenamente aproveitado, bem organizado, e isso é constatado no semblante de satisfação do ruralista”, ressaltou a prefeita em exercício Veridiana.

SEMAPE – A Prefeitura Municipal de Estância Velha tem trabalhado com dedicação para o desenvolvimento das produções, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Preservação Ecológica (SEMAPE). Tanto, que em 2017 criou um projeto de lei de incentivo a agricultura familiar, e vários benefícios para a produção rural, como sementes de milho, adubos, ureia, horas-máquina, entre outros. Quanto mais o agricultor emite notas fiscais, mais incentivos ele tem. “Nossa equipe tem trabalhado lado a lado com os produtores, acompanhando suas dificuldades e sanando o que é possível”, comentou o secretário Edenilson.

 

Fonte: ACPMEV

COMENTÁRIOS